Identidade e Missão

Jonas 1: 8-9 O cristão só tem definido sua verdadeira identidade quando aprender o que de fato deve fazer.

A identidade de uma pessoa esta muito ligada o que ele faz. João mandou discípulos perguntar a Jesus se ele era o Cristo, a resposta de Jesus foi surpreendente: Os coxos andam, os surdos ouvem, os mudos falam e aos pobres é anunciado o reino de Deus. Enquanto as pessoas esperavam Paulo morrer, na ilha de Malta, por ter sido picado por cobra, sua reação foi surpreendente, ele foi catar gravetos para acender a fogueira e esquentar as pessoas que estavam ao redor. Há duas classificação de ministérios Individual Ef. 4: 11 e Coletivo institucional. Encontramos em ordem progressiva os três ministérios institucional da Igreja:

1º) Ministério ao Senhor. Jo. 4: 23-24, Ef. 1: 3-14

a) A adoração vem em primeiro lugar. E não visa preparar o coração de ninguém, e sim ministrar ao coração de Deus.

b) - Igrejas adoradoras provarão mais do poder de Deus do que qualquer outra, pois quando nos achegamos a Deus, Ele também se achega a nós.

2º) Ministério aos santos. Tg. 1:27, Gl. 6:2, e 10, a) Quando você imagina que a responsabilidade de cuidar dos santos é apenas do Pastor isso é sinal de que você precisa encontrar sua identidade.

b) Quando vc. Pensa que o serviço social é coisa da mesa diaconal ou ao detectar qualquer vestígio de problema na igreja sua atitude é procurar alguém pra culpar, sua pergunta deve ser quem sou eu? e o que estou fazendo?

3º) Ministério ao mundo. Mc. 16:15-18.

a) Evangelizar não deve ser tarefa apenas dos obreiros treinados pra isso, deve ser a missão de cada crente que entende o que ocorreu na sua vida; de graça recebei, de graça daí.

b) O seu testemunho pessoal onde vc. estiver ministra aos olhos do mundo o poder transformador e santificador do evangelho e revela sua identidade.Deus  

Abençoe: Pr. Joel

Anúncio