A visão do Oleiro - Jeremias - 18 - 1 : 6 Deus ordenou que Jeremias fosse à casa do oleiro. O vaso se partiu nas mãos do oleiro o qual o refez, porem, diferente do vaso interior. Esta parábola contem varias lições importantes sobre a obra de Deus em nossa vidas ( 1 ) Nossa submissão a Deus como Aquele que molda tanto o nosso caráter quanto o nosso serviço, determina em grande parte, o que Ele pode fazer através de nos ( 2 ) Falta de profunda dedicação a Deus da nossa parte, pode estorvar seu propósito original para nossa vida. ( 3 ) Deus quando quer mudar seus planos para a nossa vida ( faz outro vaso, conforme o que parecer bem aos seus olhos v. 4 ) Mas nos concentramos nos elementos e nas etapas usados na fabricação do vaso pelo oleiro e veremos o agir de Deus em nossas vidas 01- A matéria prima , O Barro, a argila , é substancia empregada para fabricação de obras de alvenaria; se obtém misturando argila com água, que nos remete ao pó ( O Homem Gn 2:7 , Gn 3:19 Sl 103:14 ) misturado com a água ( Ex 17:6 , I Co. 10:4 ), água, O Deus da Palavra , e Apalavra de Deus, (Ef. 5: 25-26). 02- A Roda do Oleiro – Tempo, O objeto usado para confeccionar o vaso tratava-se de um instrumento, feito de madeira ou de pedra, que consistia em dois discos, um inferior girado pelo pé do oleiro e o do superior, ligado ao inferior pelo mesmo eixo, o barro disposto no disco superior podia ser transformado em bacias, tigelas, potes, vasos redondos á medida que girava o disco. Girado pela roda do tempo, depois que processo termina o Oleiro não tiver contente com o resultado ele refaz tudo de novo assim é conosco. Ele tem o domínio sobre o barro, Ele começa a nos moldar da forma que Ele quiser para que os seus propósitos sejam compridos ( Is 45: 9 ), tudo está sobre o seu controle Ele é quem faz girar a Roda, e começamos a ganhar a forma de uma obra de arte, mas processo em si e doloroso , por que a forma do barro não é esta , ele não está acostumado. 03- O Forno – O lugar da Provação. Usado para fazer cozer, assar matérias de alvenaria ( barro ), Após O Oleiro fazer o vaso , Ter acabado de molda-lo o Oleiros leva ao forno o pote de barro para dar-lhes consistência, esse processo parte os potes defeituosos , fracos , mas os que resistem são marcados com a mesma palavra grega que o Apostolo Pedro utiliza em (I Pe. 1:7). Descobrimos de que somos feitos quando a nossa fé e provada, se permanecemos fieis em meio as provações ( I Pe 1:6 ) isso purificará , fortalecerá , aperfeiçoará a nossa fé e resultará em louvor , gloria e honra na vinda do Senhor Jesus. 04- O vaso – O Servo. Após sair do forno o vaso está pronto para ser usado, o vaso em si não passa de um objeto se o oleiro não tiver um uso para ele de nada serve, não basta sermos escolhidos, moldados transformados, provados pelo fogo, resistirmos, temos que descobrir o nosso uso nas mãos de Deus, Não querendo que Deus se adeqüe os nossos Planos, descobrimos os seus planos e nos encaixamos a ele, e não fazendo planos e tentarmos encaixar Deus neles. Deus Abençoe: Pr. Joel Medeiros

Anúncio