O tabernáculo judaico

O tabernáculo judaico

Texto: Heb.9 (leia todo o capítulo); Êx.25 a 30 (selecione alguns versículos);
Introdução: Logo que Israel saiu do Egito, Deus mandou que Moisés fizesse um tabernáculo, uma tenda, para que ali se concentrassem as atividades do culto. Se cada pessoa fosse realizar um culto em sua própria casa, ao seu próprio modo, o judaísmo não teria um padrão e não se tornaria forte.

1- As divisões do tabernáculo.
a- Átrio exterior - era uma espécie de pátio, onde todos os israelitas tinham acesso.
b- Santuário - cômodo interior onde só os sacerdotes entravam.
c- Santo dos santos (ou santíssimo lugar) - cômodo mais interno, onde só o sumo-sacerdote entrava uma vez por ano.

2- Os utensílios do tabernáculo.
a- No átrio exterior ficava a pia de bronze e o altar do sacrifício.
b- No santuário ficava a mesa dos pães da proposição, o candelabro e o altar do incenso.
c- No santos dos santos ficava a arca da aliança.

3- O ritual do tabernáculo.
Os que vinham prestar o culto, entregavam os animais ao sacerdote no átrio exterior. Ali mesmo, o sacerdote lavava suas mãos e seus pés na pia de bronze. Em seguida, sacrificava o animal no altar do sacrifício. Depois entrava no santuário para cultuar o Senhor e interceder pelo povo. Uma vez por ano o sumo-sacerdote (principal dos sacerdotes) entrava no santo dos santos para um "encontro mais íntimo" com Deus, pois a arca representava a presença de Deus.

4- O tabernáculo e Jesus.
Jesus é o nosso sumo-sacerdote (Hb.9.11).
Jesus é o cordeiro do sacrifício (João 1.29).
Jesus entrou no santuário celestial (Hb.9.12).
Jesus rasgou o véu para que nós também pudéssemos entrar no santuário (Mt.27.51).

Conclusão: Os rituais judaicos do Antigo Testamento apontavam para Cristo. Ele cumpriu a lei cerimonial e nos deu acesso à presença o Pai. Nós também somos sacerdotes (Ap.1.6). Antes de podermos servir ao Senhor, precisamos ser purificados, como o sacerdote fazia pela água e pelo sangue do sacrifício. A água é a palavra (Ef.5.26) e o sangue que nos limpa é o sangue de Jesus (I João 1.7). Entremos na presença do Senhor com confiança pelo caminho que é Cristo (Hb.10.19-22).
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget