A RELEVÂNCIA DO ENSINO NA IGREJA


ALGUNS VERBETES NO HEBRAICO E GREGO PARA PALAVRA ENSINO: NO

HEBRAICO: LAMAD: (ensinar, aprender, levar a aprender), esse verbo é encontrado em torno de 85 vezes no texto do
 A.T. Este verbo tem o significado de "APRENDER", mais também é achado numa forma que dá o sentido causativo de ensinar.
 Este verbo é usado 1º vez em DT 4:1; é usado para se referir à aprendizagem das leis de DEUS DT 5:1; cerca da metade das ocorrências, aparece nos livros de deuteronômio e salmos, ACENTUANDO A ÊNFASE PEDAGÓGICA QUE HÁ NESSES LIVROS.

NO GREGO: 1-DIDASKO: (dar instrução) 2- PAIDEUÕ: (instruir e treinar) LOGO ENSINAR É MUITO MAIS QUE PASSAR CONHECIMENTO, É MUITO MAIS DO QUE NARRAR FATOS. ENSINAR É DESPERTAR A MENTE DO ALUNO PARA CAPTAR, RETER E 
PRATICAR A VERDADE.

1º EM TODO OS EVANGÉLHOS, JESUS MAIS ENSINOU DO QUE PREGOU ESPOSITIVAMENTE, ISSO É FATO;

2º A AUSÊNCIA DE ENSINO BÍBLICO ARMA PALCO PARA HERESIAS, APOSTASIA, FRIEZA, ACOMODAÇÃO, NEGLIGÊNCIA, APATIA ESPIRITUAL;

3º AQUELES QUE SOMENTE EVANGELIZAM (PREGAM), NEGLIGÊNCIANDO O ENSINO BÍBLICO, TERÃO DE CONTENTAR-SE

 COM UMA IGREJA INFANTIL – CARNAL - COM DISPUTAS E CISÕES INTERNAS, UM POVO FAMINTO ESPIRITUALMENTE SERÁ 
UM POVO INFELIZ;

4º ACIMA DE TUDO O MAIS, CRISTO É O MESTRE SUPREMO, SE SEGUIRMOS O EXEMPLO QUE NOS DEIXOU, SEM DÚVIDA 

HAVEREMOS DE ENSINAR. TITO 1:7-11

5º O ENSINO TEM UM EFEITO EDIFICADOR, PORTANTO É IMPORTANTE, PARA A IGREJA SER EDIFICADA O ENSINO É VITAL 

PARA ESSE PROPÓSITO.

6º O POVO DE DEUS É DESTRUÍDO POR FALTA DE CONHECIMENTO. 
Ose 4:6 
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento
porque tu rejeitaste o conhecimentotambém eu te rejeitarei,
 para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te 
 esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus 
filhos.
Ose 6:6 - 
Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento 
de Deus, mais do que os holocaustos.
Jer 32:33 
E viraram-me as costas, e não o rosto; ainda que eu os ensinava, 
madrugando e ensinando-os, contudo eles não deram ouvidos,
para receberem o ensino.


COMO DEVE SER NOSSO ENSINO E O ENSINADOR

1-DEVEMOS SER O EXEMPLO:
- O PRÓPRIO PAULO ERA EXEMPLO DIGNO DE COMO SE DEVE ENSINAR AOS OUTROS  “ ELE SE CONDUZIA BEM, 

DESDE O 1º DIA EM QUE CHEGARAM NA ÁSIA, EM TODOS OS INSTANTES... NINGUÉM PODIA ENCONTRAR FALTA 
NELE... “ MUITOS MESTRES CRISTÃOS DESQUALIFICAM SUA PRÓPRIA MENSAGEM POR SUA FALTA DE EXEMPLO, 
DE TESTEMUNHO:  O QUE  VOCÊ FAZ FALA MAIS ALTO  DO QUE O QUE VOCÊ DIZ.
1 Co 9:27 
Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos
outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.
  Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós
 também. Flp 3:17, Tit 2:7, Tit 2:7


2 - NOSSO ENSINO DEVE SER CLARO
- ISSO SIGNIFICA QUE NOSSO ENSINO NÃO PODE SER OBSCURO, E NEM DEIXAR NINGÚEM CONFUSO
- ISSO NÃO QUER DIZER QUE O MESTRE NÃO PRECISE ESTUDAR QUALIFICAR-SE E APROFUNDAR-SE NA MATÉRIA A SER 

ENSINADA.
- SE ESTAMOS CHEIOS DO ESPÍRITO E DE PODER, NOSSAS PALAVRAS ALCANÇARÃO OS CORAÇÕES DO POVO.
1Tim 5:17

3- NOSSO ENSINO DEVE SER PODEROSO
- MUITA LETRA E POUCA UNÇÃO, NOS TORNARÃO FORMALISTAS, MUITA UNÇÃO E POUCO CONHECIMENTO NOS 
TORNARÁ FANÁTICOS, EVITEMOS ESSES EXTREMOS PARA QUE POSSAMOS CRESCER NA GRAÇA E ASSIM NOSSAS 
PALAVRAS SERÃO REVESTIDAS DE PODER E DE FATOS VIDAS SERÃO TRANSFORMADAS PARA GLÓRIA DE DEUS. Rom 1:28 , 
Col 2:23 , 2Tim  3:5

4- O ENSINO NÃO É PROFISSÃO E CHAMADA
- PAULO LEVAVA A SÉRIO AS SUAS RESPONSABILIDADES ESPIRITUAIS, PORTANTO SABIA QUE ESTAVA CUIDANDO DE ALMAS
 ETERNAS. JAMAIS AGIU COMO UM MINISTRO PROFISSIONAL DO EVANGÉLIO, NÃO AGINDO COMO QUEM CUMPRIA O SEU
 DEVER (PREGAÇÕES E ENSINO) A FIM DE RECEBER O SEU SALÁRIO MENSAL. TEM MUITOS QUE PREGAM E ENSINAM POR 
AVAREZA, POR DINHEIRO E NÃO POR AMOR E CHAMADA. 1Ti 6:5,

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget