Marcas na História

 - Texto Romanos 16: 1- 16.
A Igreja tem sua história cravada como uma pedra preciosa cravada em uma obra de arte na história da humanidade deste o dia de pentecostes. Não é diferente em nossa localidade, isto é na Igreja de Cristo no Bairro de Boa Esperança na Cidade de Parnamirim.
Não se pode estudar a história da humanidade sem considerar a história da Igreja.
Desde o seu início a história da Igreja é escrita por pessoas comuns que se destacam pela forma da qual deram o seu tempo, seus talentos, seus recursos financeiros, e em milhares de casos deram suas próprias vidas para que esta Igreja permanecesse no enredo da história da humanidade, como o tem sido conosco.

Comemoramos 55 anos de existência, é sem qualquer dúvida um tempo de grande importância, a soma dos anos nos qualifica para termos uma página ou algumas importantes linhas no enredo da história da Igreja e em particular na história da Igreja Evangélica de Parnamirim.

Temos uma história. Fazemos parte da história.

História que está sendo escrita por pessoas que se permitiram desgastar-se por esta querida Igreja. Deram seu tempo, seus talentos, seus recursos financeiros, suas vidas para compor esta história. Alguns já se foram se encontrar com o Senhor, de saudosa memória o Dc. Manuel Soares, Pr. João Gomes, Pr. Antônio Andrade (Pr. Tôzinho), Irmã Brasilina, Irmão Henrique,   e um rol de gigantes que por aqui nos impactaram com suas vidas e histórias como também com a herança que nos legaram, o exemplo de fidelidade ao Senhor desta Obra.
A história da Igreja de Cristo, de nossa Igreja continua a ser escrita, as próximas linhas desta narrativa consta de parágrafos, pontos, virgulas, ponto e virgula, tudo o mais, no entanto ela continua a ser escrita por cada um de nós que temos o dever de honrar a memória dos primórdios e sobretudo as recomendações de nosso Senhor Jesus Cristo para fazermos dos próximos anos um Avivamento Bíblico.

Como podemos pessoalmente deixar um relato positivo e impactante na história que está sendo construída por cada um de nós? São muitas as formas para deixarmos uma boa história.

Uma vez que existem pessoas que entram na história, saem da história e não marcam a história, convido-te nesta oportunidade a ser uma pessoa que venha a fazer parte positiva da história de nossa comunidade.
Proponho três conselhos tirados em um resumo da história bíblica descrita em Romanos 16.
Romanos 16:7. Saudai Andrônico e Júnias, meus parentes e companheiros de prisão, os quais são notáveis entre os apóstolos e estavam em Cristo antes de mim.

Não era tarefa fácil ser membro de uma Comunidade perseguida nos dias do império Romano.

1º É preciso aprofundar raízes: Pedra que muito rola não cria limbo. O exemplo a ser observado é do lendário bambu chinês que durante cinco anos somente finca raízes no solo e depois deste tempo faz conhecida sua estrutura acima da superfície. Um cogumelo surge e se forma em 6 horas de vida. Que importância tem um cogumelo?
Um carvalho se estabelece e se firma contra os temporais depois de cem anos de existência.
- É preciso ver longe em relação ao tempo a ser dedicado ao Senhor no seio de sua igreja.
- É preciso se dispor a pagar o preço em perseverança, paciência e demonstração de amor.
12. Saudai Trifena e Trifosa, as quais trabalhavam no Senhor. Saudai a estimada Pérside, que também muito trabalhou no Senhor. Romanos 16:6. 6 Saudai Maria, que muito trabalhou por vós.

- Entregue-se ao serviço de Deus com seus talentos naturais: Pedreiro, eletricista, capacidade administrativa, sua habilidade em costura etc.
- Use no serviço de Deus os dons que o Espírito Santo tem te dado: “Desperte o dom de Deus que está em você..” Paulo para Timóteo.
- Trabalhe, trabalhe muito, lembre-se que tudo na vida a gente semeia no presente para colher no futuro.
- O trabalho na igreja não é resultado apenas do esforço humano mas sobre tudo da ação da graça de Deus na vida do crente.
Para os trabalhadores Deus tem promessas: I Co 15: 58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.

3. Coloque a Igreja acima de seus interesses Pessoais:  Para Priscila e Áquila a igreja era mais importante que suas próprias vidas. Valorize a Igreja de forma geral mas valorize particularmente sua Congregação, seu pastor, seu ministério de louvor seus obreiros eles são o melhor de Deus para sua igreja.

CONCLUSÃO:
1º)- FINQUE PROFUNDAS RAÍZES NO SOLO DA IGREJA ONDE VOCÊ ESTÁ SERVINDO AO SENHOR.  

2º)- TRABALHE, TRABALHE ABUNDANTEMENTE NA IGREJA E PELA IGREJA DE JESUS.


3º)- VALORIZE AO QUE DEUS VALORIZA – VALORIZE SUA IGREJA.

Anúncio