Há uma mão na fresta da porta Cânticos 5:1...

1-Onde estão os ouvidos da Igreja? (Apocalipse 3:20) - Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Jesus quer se relacionar com sua noiva e está batendo na porta, mas a igreja parece não estar ouvindo.
(Cânticos 5:3) - Já despi a minha roupa; como as tornarei a vestir? Já lavei os meus pés; como os tornarei a sujar? Desculpas!
Versículo 3 - a noiva responde que não está disposta em atender o noivo. É o retrato de uma Igreja sonolenta, preguiçosa, distraída, desleixada, desinteressada, e de uma noiva que não quer honrar o noivo, falta-lhe sensibilidade a voz do Noivo.
É como se Ele estivesse insistindo, avisando e dando oportunidade. Devemos atentar a esse chamado de comunhão com o Pai  -  Quantas vezes estamos distraídos, ouvindo as batidas na porta, mas não estamos sensíveis a elas porque estamos debaixo de muito barulho e o nosso tempo é consumido pelo contexto ambiental que nos envolve.
2- A porta está fechada? (Apocalipse 3:20) - Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. (Mateus 16:19) – “E eu te darei as chaves do reino dos céus...”  IGREJA VOCÊ TEM AS CHAVES DO REINO.

Porque a porta está fechada? Quais são os motivos que levam esta porta estar fechada?
(Cânticos 5:4) - O meu amado pôs a sua mão pela fresta da porta, e as minhas entranhas estremeceram por amor dele. Versículo 4

No texto fala que o noivo tentou entrar, Ele insistiu porque talvez a porta estivesse aberta, mas estava trancada. Ela tentou. A noiva entende de repente que o noivo queria lhe falar e por isso insistiu tanto.

(Cânticos 5:5) - Eu me levantei para abrir ao meu amado, e as minhas mãos gotejavam mirra, e os meus dedos mirra com doce aroma, sobre as aldravas da fechadura. Versículo 5

- Mirra = perfume. Aldravas = argola de metal com que se batem as portas para que abram. A maçaneta estava lambuzada, com o óleo, com o perfume. Este perfume sobre a maçaneta é do Noivo.
Tem horas que acordamos e percebemos que só ficou o cheiro do Bom Perfume, somente uma amostra do que Deus queria se acordássemos e tivéssemos aberto a porta. Ao perceber isso, só damos valor depois que perdemos. 

O que Deus quer é que gastemos tempo com Ele e Nele não encontrarmos somente uma amostra do conforto e do Seu amor. O perfume é símbolo daquilo que já foi.

3- Não deixe Jesus ir embora sem entrar em sua casa! (Apocalipse 3:20) - Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voze abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Porque não reconheceram o tempo da oportunidade de Deus.
(Cânticos 5:6) - Eu abri ao meu amado, mas já o meu amado tinha se retirado, e tinha ido; a minha alma desfaleceu quando ele falou; busquei-o e não o achei, chamei-o e não me respondeu. Versículo 6

A alma se derrete porque ao abrir a porta, o noivo já havia ido embora.  Buscou e não achou, chamou e não houve resposta. Que triste, que deserto e desespero.
Quantas vezes ouvimos Deus nos chamar e não atentamos – isso significa que passou o tempo da visitação.
Não perca a oportunidade de dar a Deus o que Ele mais deseja. A adoração e comunhão íntima. Não perca o tempo da visitação. Que não passe de mim o tempo da Tua visitação.

Às vezes, Deus irá nos chamar em momentos em que não estaremos esperando. Deus só quer que tenhamos sensibilidade e que abramos à porta. Jesus vem, e vem onde há sede.


Abra ao Noivo antes que o manto da cobertura Divina seja rasgado, os guardas da rua não têm misericórdia. Verc. 7
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget